Maranhão Independente

As notícias mais importantes escritas por jornalistas independentes do estado.
Estão abertas as inscrições para o Programa Mais Renda

Além de formação, beneficiados ganham equipamentos e auxílio de R$ 500,00. Imagem: Divulgação.

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento do Estado do Maranhão abriu o período de pré-incrição para o Programa Mais Renda que visa organizar e estruturar pequenos negócios de empreendedores maranhenses.

Os beneficiados recebem os seguintes benefícios:

I – capacitação e qualificação técnica dos beneficiários do Programa;

II – aquisição e doação, aos beneficiários do Programa, de equipamentos, insumos e demais bens importantes para fomento de suas atividades;

III – qualificação e intermediação do trabalhador autônomo;

IV – promoção de assistência técnica para atividades não agrícolas;

V – promoção, estímulo e apoio às ações de oferta de crédito.

Além de equipamentos e kits, os beneficiários têm direito ao Auxílio Mais Renda no valor de R$ 500,00 (quinhentos reais).

Quem pode se inscrever?

Podem participar pessoas inscritas no Cadastro Único do Governo Federal – CadÚnico que trabalhem com atividades do ramo alimentício.

A pré-incrição pode ser realizada até o dia 18 de maio clicando aqui.

No formulário, o candidato deve preencher dados pessoais (incluindo número do NIS), bancários, informações sobre a atividade que desenvolve ou pretende desenvolver, se recebe algum benefício ou acessou linha de crédito.

Importante: preencher a ficha de inscrição com número de telefone que funcione também como Whatsapp. Caso a equipe tente entrar em contato com o candidato e não consiga, o próximo candidato na lista será chamado.

Programa Mais Renda

O Programa Mais Renda foi criado em 2015 no âmbito do Governo do Estado do Maranhão para organizar e estruturar os seguintes empreendimentos locais:

I – empreendimentos da economia dos setores populares: entes privados que exercem atividades econômicas em que são utilizados apenas recursos humanos próprios e destinados a prover e repor os meios de vida;

II – empreendimentos individuais ou familiares: unidades econômicas de produção, comercialização de bens ou prestação de serviços, pertecentes a pessoas físicas, formalizadas ou não, que trabalham sozinha ou na estrutura da unidade familiar

O foco do programa são as famílias em situação de vunerabilidade e risco social.

Veja a Lei que deu origem ao programa clicando aqui.

Outras informações podem ser obtidas no site da Sedes/Maranhão.

Leia outras matérias na editoria Oportunidades.

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.