Maranhão Independente

As notícias mais importantes escritas por jornalistas independentes do estado.
Paralimpíadas: halterofilismo

Atleta do halterofilismo Lara Aparecida. Foto: Ivo Felipe/CPB.

Entrando no clima das Paralimpíadas, o MaInd está realizando uma série de matérias sobre os esportes que vão fazer parte dos jogos. Conheça mais sobre o halterofilismo.

Nessa modalidade, os atletas ficam deitados em um banco e devem realizar o supino, um movimento de levantar a maior quantidade possível de peso usando apenas os braços.

Cada atleta tem até 3 tentativas para conseguir levantar o maior peso.

Veja um vídeo de alguns atletas em competição:

Vídeo: Comitê Paralímpico Brasileiro.

Quem pode praticar o halterofilismo nas Paralimpíadas?

Atletas paralímpicos nesta modalidade são homens e mulheres com deficiência nos membros inferiores (com amputação de membros inferiores e/ou com lesão medular), nanismo e/ou com paralisia cerebral.

Halterofilismo nas Paralimpíadas

Atleta de halterofilismo Mariana D'Andrea erguendo peso no mundial da modalidade.
Atleta Mariana D’Andrea. Foto: Ivo Felipe/CPB.

O peso levantado pelo atleta deve ser validado pelos juízes. A validação é realizada quando pelo menos dois árbitros levantam a bandeira branca.

Caso a bandeira levantada pela arbitragem seja vermelha, o levantamento é considerado inválido.

É necessário que o atleta fique com os braços estendidos até que o árbitro indique que a barra deve ser descida até encostar no corpo do atleta.

Em seguida, a barra com o peso deve ser erguida novamente até que os braços do atleta estejam estendidos.

Medalhas do Brasil

A única medalha olímpica do Brasil na modalidade foi conquistada pelo atleta Evânio Rodrigues nos Jogos do Rio em 2016.

Ele levantou 210 quilos, levando a medalha de prata.

Vídeo: Comitê Paralímpico Brasileiro.

Próximos representantes

  • Ailton de Souza (PB)
  • Bruno Carra (SP)
  • Evânio da Silva (BA)
  • João Júnior (RN)
  • Lara de Lima (MG)
  • Mariana D’Andrea (SP)
  • Tayana Medeiros (RJ)

Quer ser um atleta paralímpico? Acesse o site da Confederação Paralímpica Brasileira clicando aqui

Leia outras matérias da série clicando aqui.

Doações para o portal Maranhão Independente devem ser feitas para o pix giovanakury@gmail.com

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.