Maranhão Independente

As notícias mais importantes escritas por jornalistas independentes do estado.
Paralimpíadas: salto (em distância, triplo e em altura)

Saiba mais sobre salto em distância, triplo e em altura nas paralimpíadas. Foto:  Márcio Rodrigues/MPIX/CPB.

Entrando no clima das Paralimpíadas, o MaInd está realizando uma série de matérias sobre os esportes que vão fazer parte dos jogos. Conheça mais sobre os tipos de salto.

Nos Jogos, são disputados salto em altura, salto em distância e salto triplo.

Os atletas que participam têm deficiência visual, ou intelectual, ou têm paralisia cerebral, ou têm membros amputados.

Salto em distância

Nessa modalidade, o atleta deve correr por uma pista de 40m, até que se lança em um tanque de areia. O campeão é aquele que chegar a maior distância no salto dentro da caixa depois de 3 tentativas.

Caso o atleta use prótese, existem algumas especificidades importantes. Se a prótese sair durante a corrida, é direito do atleta seguir na prova sem ela ou parar para recolocá-la.

Se sair durante o salto pode prejudicar o atleta pois vai ser considerada a marca (menor) em que a prótese caiu dentro do tanque de areia. Se cair fora desse tanque, então o salto é considerado irregular.

Deficientes visuais também podem competir, eles contam com o apoio de um chamador que alerta o atleta sobre em que momento deve realizar o salto para que ele não pise na marca no chão que indica o limite até o qual o atleta deve correr antes de saltar.

Salto em altura

Já no salto em altura, depois da corrida, o atleta deve saltar sobre um sarrafo na horizontal erguido por dois suportes.

Disputam essa prova atletas com amputações nos membros inferiores ou superiores.

Salto triplo

No salto triplo, o atleta percorre uma distância e, antes de se lançar sobre o tanque de areia, dá 3 saltos para ganhar mais impulso e chegar a maior distância.

Medalhas do Brasil

Atleta do salto em distância Silvania Costa
Silvania Costa, medalhista de ouro no Rio 2016. Foto: Reprodução/Extra.

O Brasil conquistou medalhas apenas no salto em distância, ao todo foram 6 medalhas, sendo que 5 foram nos Jogos do Rio de Janeiro em 2016.

  • OURO – Silvania Costa (Rio/2016)
  • OURO – Ricardo Costa (Rio/2016)
  • PRATA – Mateus Evangelista (Rio/2016)
  • PRATA – Rodrigo Parreira (Rio/2016)
  • BRONZE – Douglas Amador (Atlanta/1996)
  • BRONZE – Lorena Spoladore (Rio/2016)

Próximos representantes

Asser Ramos, atleta do salto em distância. Foto: Reprodução/RS Paadesporto.
  • Aser Ramos – Salto em distância T38
  • Mateus Evangelista – Salto em distância T37
  • Michel Gustavo – Salto em distância T47
  • Silvania Costa – Salto em distância T11
  • Flavio Reitz – Salto em altura T42
  • Jeohsah dos Santos – Salto em altura T44
  • Paulo Guerra – Salto em altura T47

Quer ser um atleta paralímpico? Acesse o site da Confederação Paralímpica Brasileira clicando aqui

Leia outras matérias da série clicando aqui.

Dação via pix para giovanakury@gmail.com
Série MaInd Paralimpíadas: salto

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.