Maranhão Independente

As notícias mais importantes escritas por jornalistas independentes do estado.
Olimpíadas: canoagem

Isaquias Queiroz é um dos grandes nomes da canoagem atualmente no Brasil. (Foto: Reuters/Damir Sagolj/Direitos Reservados)

Entrando no clima das Olimpíadas, o MaInd está realizando uma série de matérias sobre os esportes que vão fazer parte dos jogos. Conheça mais sobre a canoagem!

Há muitos e muitos anos vários povos já utilizavam as embarcações como forma de locomoção, sendo que os primeiros registros daquilo que seria a atual concepção de canoas e caiaques datam do século XVI, pelos povos nativos da América do Norte.

O escocês John Mac Gregor utilizou embarcações com objetivo esportivo pela primeira vez; em 1936 o esporte virou modalidade olímpica. 

Nos Jogos Olímpicos, a canoagem é disputada em duas categorias: slalom e velocidade.  

Leia mais: remo.

Na categoria Slalom, a competição ocorre em águas agitadas, onde o atleta precisa passar por percursos pré-definidos seguindo, dentre outras, essas principais regras: nas portas verdes deve-se girar a embarcação no sentido da corrente; nas portas vermelhas, o giro deve ser feito no sentido contrário. Ganha quem tiver o menor número de erros e completar o percurso na menor quantidade de tempo.

Na categoria velocidade, as provas ocorrem em águas calmas, com percursos retos de 200, 500 ou 1000 metros. 

Ambas as categorias podem ocorrer em canoas individuais (C1), duplas (C2) ou quartetos (C4) ou em caiaques, individualmente (K1), em duplas (K2) ou em quartetos (K4).

Nas provas realizadas em canoas, os atletas podem ficar agachados ou sentados, com um remo de uma única pá; nos caiaques, os competidores ficam sentados na embarcação com um remo de duas pás. 

O Brasil na canoagem

Nos Jogos Olímpicos do Rio em 2016, o jovem Isaquias Queiroz brilhou, e logo na sua estreia: com duas medalhas de prata e uma de bronze, além de colocar o Brasil no pódio olímpico da canoagem pela primeira vez na história, ele se tornou o primeiro brasileiro a ganhar três medalhas em uma única edição das Olimpíadas. 

Além de Isaquias, outros dois brasileiros estão classificados para os Jogos de Tóquio: Erlon de Souza e Jack Godman.

Veja mais especificidades de cada modalidade nos vídeos abaixo!

Doação via pix para o MaInd pelo e-mail giovanakury@gmail.com
Doação via pix para o MaInd pelo e-mail giovanakury@gmail.com

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.