Maranhão Independente

As notícias mais importantes escritas por jornalistas independentes do estado.
Olimpíadas: vela

Saiba mais sobre a vela. Foto: Divulgação/CBVela.

Entrando no clima das Olimpíadas, o MaInd está realizando uma série de matérias sobre os esportes que vão fazer parte dos jogos.

O uso de embarcações pelo ser humano é bastante antigo, mas competições usando barcos a velasó começaram a ser realizadas no século XVII, na Holanda.

Dois séculos depois, a modalidade chegou ao Brasil e, em 1906, foi fundado o Iate Clube Brasileiro no Rio de Janeiro, o primeiro do país.

As categorias (classes) da vela variam de acordo com as especificações das embarcações:

Classes da vela: laser e laser radial
Classes da vela: Finn e RS:X
Classes da vela: 470 e Nacra 17
Classes da vela: 49ER e 49ERFX
Artes:Globo Esporte.

Vela nas Olimpíadas

A vela entrou oficialmente no programa olímpico nos Jogos de Paris em 1900, mas as categorias da modalidade sairam e entraram diversas vezes ao longo dos anos.

É importante destacar que a vela estaria presente desde 1896, mas condições desfavoráveis dos ventos impediram que as provas fossem realizadas.

A categoria Star é uma que não está mais presente nos Jogos, infelizmente para o Brasil porque essa categoria já trouxe muitas medalhas para o país.

Veja algumas regras importantes da modalidade:

Regras da vela
Imagem: Reprodução/Rede do Esporte.

Veja quem são os países com maior número de medalhas na vela.

Quadro de medalhas da vela: Grã-Bretanha; Estados Unidos; Noruega; França; Espanha; Dinamarca; Suécia; Austrália; Nova Zelândia; Países Baixos.
Imagem: Reprodução/Wikipédia.

Medalhas do Brasil

A vela é um esporte com muitas vitórias brasileiras, mesmo assim, o Brasil é apenas o 11º no ranking de medalhas.

Medalhas do Brasil na vela: 7 ouros, 3 pratas e 8 bronzes.
Imagem: Reprodução/Olimpíadas todo dia.

Próximos representantes

13 brasileiros vão representar o Brasil na modalidade:

  • Categoria Finn – Jorge Zarif
  • Categoria 49ER FX – Martine Grael e Kahena Kunze
  • Categoria Laser – João Pedro Oliveira 
  • Categoria Nacra 17 – Samuel Albercht e Gabriela Nicolino
  • Categoria 470 feminina – Fernanda Oliveira e Ana Barbachan
  • Categoria 470 masculina – Henrique Haddad e Bruno Benthlem  
  • Categoria 49ER masculina – Marco Grael e Gabriel Borges
  • Categoria RS:X – Patrícia Freitas

Quer saber mais sobre esse esporte? Acesse o site da Confederação Brasileira de Vela.

Leia outras matérias da série clicando aqui.

Doação via pix para o MaInd pelo e-mail giovanakury@gmail.com

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.