Maranhão Independente

As notícias mais importantes escritas por jornalistas independentes do estado.
Olimpíadas: tênis de mesa

Saiba mais sobre o tênis de mesa. Foto: Washington Alves/COB.

Entrando no clima das Olimpíadas, o MaInd está realizando uma série de matérias sobre os esportes que vão fazer parte dos jogos.

O tênis de mesa (ping pong) foi criado no século XIX na Inglaterra como uma adaptação ao tênis de quadra.

Nessa modalidade, jogadores usam a raquete para golpear a bola sobre a mesa (2,74 m de comprimento, 1,52 m de largura e 0,76 m de altura) ultrapassando uma rede com 15,25 cm de altura.

O objetivo é atingir onze pontos ou dois pontos de vantagem (caso a partida fque empatada em 10 a 10).

As partidas são divididas em sets e inicia com um saque em que o jogador lança a bola a uma altura de 16 cm.

Os pontos são marcandos quando o adversário:

  • erra o saque;
  • não devolve a bola;
  • toca duas vezes seguidas ou consecutivas na bola;
  • deixa que, por duas vezes, a bola toque no seu campo;
  • toque na mesa (ou mova), na rede ou nos suportes.

Tênis de mesa nas Olimpíadas

O tênis de mesa passou a fazer parte dos Jogos Olímpicos em 1988 em Seul.

Pensando na segurança dos atletas, em 2001 a bola aumentou de tamanho (de 38 mm para 40 mm) para que ela se tornasse um pouco mais lenta e diminuisse a velocidade das partidas.

Outra mudança importante nesse ano foi a diminuição de pontos no set. Inicialmente, eram 21 pontos, mas passaram para 11, até para que as partidas fossem menores.

A China é o pais com mais medalhas na modalidade.

Quadro de medalhas do tênis de mesa.
Imagem: Reprodução/Wikipédia.

Próximos representantes

  • Individual masculino: Hugo Calderano e Gustavo Tsuboi
  • Individual feminino: Bruna Takahashi e Jéssica Yamada
  • Caroline Kumahara e Vitor Ishiy vão competir como equipe masculina e feminina.

Curiosidades

  • O jogo foi criado com o nome de ping pong, mas uma empresa dos Estados Unidos registrou o nome e Ping Pong virou o nome de uma marca, por isso o esporte precisou passar a ser chamado de tênis de mesa.
  • O esporte só chegou a países como China e Japão na década de 1950, mas esses países logo tomaram a hegemonia da modalidade pelo grande número de praticantes.
  • Durante uma partida, a bola pode ganhar velocidade próxima a 200 km/h.

Quer saber mais sobre esse esporte? Acesse o site da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa.

Leia outras matérias da série clicando aqui.

Doação via pix para o MaInd pelo e-mail giovanakury@gmail.com

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.