Maranhão Independente

As notícias mais importantes escritas por jornalistas independentes do estado.
MP investiga causas do desabamento de ponte em Bacabal

Após a queda da ponte, a população resgatou feridos. Foto: Reprodução/Blog do Pedro Jorge.

O Ministério Público do Estado do Maranhão está realizando investigações a respeito das causas e das responsabilidades sobre o desabamento da ponte metálica sobre o rio Mearim em Bacabal que resultou na morte de uma pessoa e ainda deixou feridos.

Expedito Rodrigues Silva Júnior protocolou uma representação com novas provas no MP para que fosse apurada a conduta do prefeito do município, Edvan Brandão, em relação ao deabamento da ponte no dia 4 de abril deste ano.

Segundo documento dispibilizado pelo MP no Diário Oficial do órgão, os secretários de Obras e de Meio Ambiente de Bacabal não estão respondendo aos ofícios em que são solicitadas novas informações sobre o caso. Por esta razão, apromotora Lícia Ramos Muniz deficniu que devem ser realizadas oitivas com os dois , Carlos Jorge Santos Silva e Walber Neto Lopes Pinto, no dia 13 de julho de 2021 às 10h e 10h30 na Promotoria de Justiça de Bacabal.

O Corpo de Bombeiro e a Defesa Civil também vão ser consultados para que apresentem informações como os procedimentos realizados e laudos ou vistorias que possam apontar possíveis causas para o desabamento.

Leia o documento completo clicando aqui.

Relembre o caso

O desabamento da ponte metálica sobre o rio Mearim aconteceu no início da tarde do dia 04 de abril deste ano, um domingo, enquanto muitos jovens estavam sobre ela, segundo informaram autoridades locais.

As pessoas que estavam sobre a ponte tiveram que nadar para sair do rio, algumas sofreram apenas escoriações leves, mas o jovem Henrique Neves, de 21 anos, morreu.

No dia seguinte ao desabamento, a Prefeitura de Bacabal lançou nota falando sobre o caso:

A propósito do grave acidente ocorrido ontem, 04 de abril de 2021, que sinistrou a passarela, obra conhecida como Ponte Metálica, a Prefeitura Municipal de Bacabal esclarece que:

1 – A obra vítima do sinistro teve sua construção iniciada no final da década de 1990, do século passado, tendo suas pilastras sido erguidas, sofrendo paralisação por cerca de 05 anos;

2 – Sua reconstrução foi retomada em meados dos anos 2000, com conclusão e entrega a comunidade no mesmo período;

3 – Durante o primeiro mandato do atual gestor a obra passou por reforma, sendo que o processo de revitalização envolveu o reforço das peças da estrutura que apresentavam corrosão, reforço e substituição das peças de madeira da estrutura do piso, e o jateamento de toda a estrutura metálica com granalha de aço e pintura epóxi, previamente à aplicação da pintura final;

4- A Prefeitura Municipal de Bacabal, por meio da Câmara Municipal de Bacabal e do vereador Dedê da Trizidela, já haviam solicitado ao Corpo de Bombeiros análise sobre a interdição da passarela metálica;

5 – A Secretaria Municipal de Obras e Urbanismo tem agendado em seu cronograma de eventos e obras para o ano corrente nova revitalização da obra sinistrada, que seria realizada no segundo semestre do ano corrente;

6 – A Prefeitura Municipal de Bacabal lamenta, profundamente, o ocorrido, ao mesmo tempo em que se coloca a disposição das autoridades legalmente constituídas no sentido de colaborar com a firme e justa apuração dos fatos;

7 – A Prefeitura Municipal de Bacabal lamenta, também, pelo óbito do jovem Paulo Henrique Neves Galvão ocorrido em razão do sinistro, informando que tomou todas as providências cabíveis no sentido de amenizar a dor dos familiares das vítimas, muito especialmente da família do honrado jovem vítima fatal do lamentável fato.

Bacabal – MA, 05 de abril de 2021.

Veja o vídeo gravado após o acidente:

Vídeo: Reprodução/UOL

Leia outras matérias na editoria Cidades.

Doação via pix para o MaInd pelo e-mail giovanakury@gmail.com
Doação via pix para o MaInd pelo e-mail giovanakury@gmail.com

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.