Maranhão Independente

As notícias mais importantes escritas por jornalistas independentes do estado.
Edivaldo Holanda Jr e Moacir Feitosa são alvos de ação do MP

Edivaldo Holanda Jr e Mocair Feitosa são responsabilizados pela falta de reformas em escolas. Foto: Reprodução/Blog do Luís Pablo.

A informação foi obtida durante reunião entre MPMA e Sindeducação

Na terça-feira (22), em reunião com o Sindeducação, Lindonjonson Gonçalves de Sousa, 2⁰ Promotor de Justiça de Defesa da Educação de São Luís, informou que foi ajuizado no Ministério Público uma ação por improbidade administrativa contra Edivaldo Holanda Jr., ex-prefeito de São Luís, e Moacir Feitosa, ex-secretário de Educação.

O inquérito responsabiliza a administração municipal passada pela falta de reformas necessárias em escolas públicas de São Luís ao longo dos 8 anos de mandato de Edivaldo Holanda Jr.

Quadro com 4 fotos de escolas em má conservação durante gestão de Edivaldo Holanda Jr
Foto: Reprodução/Sindeducação

Problemas na gestão de Edivaldo Holanda Jr

A falta de infraestrutura nas escolas municipais de São Luís já foi noticiada em diversos veículos de informação.

Em março de 2017, por exemplo, o teto da escola Darcy Ribeiro caiu em cima de alunos e professores. Relembre o caso:

Vídeo: TV Assembleia

Os alunos foram transferidos para u anexo e a escola Darcy Ribeiro segue fechada e sem reformas.

Problemas também na nova gestão

Durante a reunião, foram destacados problemas em relação à Educação na gestão do prefeito Eduardo Braide.

Segundo o Sindeducação, o ano letivo de 2021 foi iniciado em março deste ano de forma remota, mas não foi entregue até o momento (junho/2021) o chamado “kit tecnológico” (formado por chips, tablets e computadores) para professores e alunos.

Esses materiais teriam sido prometidos desde a gestão do Edivaldo Holanda Jr. e a promessa foi reiterada pela atual fgestão por Esmênia Miranda, na época, à frente da Semed.

No dia 10 de junho, questionamos a Prefeitura de São Luís sobre a falta de recursos tecnológicos para as aulas no ensino municipal, além de outras questões que acarretaram em uma paralisação dos professores nos dias 15 e 16 de junho.

A resposta da Prefeitura a respeito dos nossos questionamentos e reinvidicações do Sindeducação estão na matéria Professores denunciam falta de recursos para aulas remotas em São Luís.

Leia outras matérias na editoria Educação.

Doação via pix para o MaInd pelo e-mail giovanakury@gmail.com
Doação via pix para o MaInd pelo e-mail giovanakury@gmail.com

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.