Maranhão Independente

As notícias mais importantes escritas por jornalistas independentes do estado.
CRM se manifesta sobre uso de “kit covid” no Maranhão

CRM enviou nota ao MaInd. Foto: Reprodução/Imirante.

O Conselho Regional de Medicina do Maranhão enviou nota respondento ao Maranhão Independente sobre o posicionamento do órgão a respeito da denúncia recebids por este portal de que médicos estariam prescrevendo medicamentos do chamado “kit covid” para pacientes com diagnóstico de infecção pelo vírus.

Relembre em “Kit covid” está sendo prescrito em UPAs do Maranhão.

O que disse o CRM

MaInd (em 02 de junho de 2021): Recebemos imagens das receitas de vários maranhenses diagnosticados com Covid 19, em que foram prescritas para eles Azitromicina e Ivermectina. Dada a discussão atual sobre a ineficácia de vários medicamentos no combate a Covid, qual a orientação do Conselho Regional de Medicina sobre a prescrição desses medicamentos nesse caso?

A resposta foi recebida apenas hoje (16) afirmando o seguinte:

De ordem do presidente do CRMMA, Dr. Abdon José Murad Neto, informamos a Vossa Senhoria que o posicionamento deste Conselho sobre esta questão, está alinhado ao Parecer CFM nº 04/2020. 

At.te.Secretaria da Presidência

Parecer CFM nº 04/2020

O Parecer a que se referiu o CRM é datado de 16 de abril de 2020, época em que ainda não havia sido apresentada nenhuma vacina contra covid. A primeira foi apresentada apenas em julho do ano passado pela Rússia, mas ainda necessitando de testes.

O documento trata especificamente sobre o uso de cloroquina e hidroxicloroquina e deixa claro que nenhum tratamento com medicamentos teria efetividade comprovada contra o vírus. Veja alguns trechos:

Entretanto, até o momento, não existem evidências robustas de alta qualidade que possibilitem a indicação de uma terapia farmacológica específica para a COVID-19. […] Muitos desses medicamentos têm sido promissores em testes em laboratório e através de observação clínica, mas nenhum ainda foi aprovado em ensaios clínicos com desenho cientificamente adequado, não podendo, portanto, serem recomendados com segurança.

Sobre o uso dos dois medicamentos citados:

não existem até o momento estudos clínicos de boa qualidade que comprovem sua eficácia em pacientes com COVID-19. Esta situação podemudar rapidamente, porque existem dezenas de estudos sendo realizados ou em fase de planejamento e aprovação

Apesar de todas essas ressalvas e de listar os efeitos colaterais, o parecer propõe considerar o uso de cloroquina e hidroxicloroquina nas seguintes situações:

  • em pacientes com sintomas leves;
  • em pacientes com sintomas importantes, mas sem a necessidade de cuidados intensivos
  • em pacientes críticos recebendo cuidados intensivos, nesse caso o uso seria compassivo, ou seja, caso o médico se compadeça da situação.

O documento finaliza as orientações defendendo a autonomia médica:

Diante da excepcionalidade da situação e durante o período declarado da pandemia, não cometerá infração ética o médico que utilizar a cloroquina ou hidroxicloroquina, nos termos acima expostos, em pacientes portadores da COVID-19.

Leia o documento completo clicando aqui.

E os outros medicamentos?

A pergunta realizada ao CRM incluía apenas dois medicamentos: azitromicina e ivermectina. Os dois estavam presentes nas imagens de prescrições medicas enviadas por leitores (além de vitaminas e xaropes), mas não obtivemos resposta a respeito do uso desses remédios.

Leia outras matérias na editoria Saúde.

CRM se manifesta sobre kit covid

1 comentário em “CRM se manifesta sobre uso de “kit covid” no Maranhão

  1. mudou de assunto: CRM do Maranhão não responde questionamento do maind.

    perguntou-se sobre invermectina e azitromicina. a resposta se limitou a falar sobre cloroquina e hidroxi.
    e dentro de um limite de estudos pela metade. ou seja, experiências em laboratório sem resultados conclusivos, feitos em animais e nenhum com humanos. todos inconclusivos, como demonstra as notas do CRM. e do CFM.

    O CRM, conclui-se, não tem autonomia e o CFM faz o papel de negacionista, como o presidente Bolsonaro e seus seguidores.
    todos em atitudes ‘as cegas, não científica e perigosa para os brasileiros.

    Médicos conservadores do Maranhão ignoram fatos, realidades e consequências, assim como milhares de outros Brasil afora . E receitam as revelia da ciência o tal ineficaz kit convid.

    não há nada mais absurdo: colocar em risco a população como um todo, seja por quem foi ou está infectado e que podem transmitir o vírus para muito e muitos outros.

    é de se perguntar, que homens e mulheres de brancos são esses?
    o Maranhão Independente teve acesso às receitas, muitas delas, e dos responsáveis o que se ouve é a conivência com o que é irreal.
    questionado e com as cópias das receitas em mãos,
    mesmo assim o CRM do Maranhão apenas repetiu a postura e posição conservadora do CFM e alinhada ao negacionismo do presidente Bolsonaro e seus seguidores.

    triste realidade

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.