Maranhão Independente

As notícias mais importantes escritas por jornalistas independentes do estado.
Dia mundial de combate à violência contra o idoso: os mais vulneráveis durante a pandemia

Idosos são os mais vulneráveis durante a pandemia. Foto: Reprodução/Senado.

Em 2006, em uma reunião entre a ONU (Organização das Nações Unidas) e a  Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa foi definido que o dia 15 de junho seria marcado como o dia mundial de combate à violência contra o idoso.

Nesta data, deveriam ser feitas reflexões e ações para conscientização a respeito do cuidado e proteção dessa grande parte da população que é vulnerável fisicamente, mas que também sofre diversas explorações, inclusive financeiras.

As principais formas de violência contra o idoso são:

  • Física;
  • Emocional ou psicológica;
  • Financeira ou material;
  • Negligência.

O sofrimento do idoso durante a pandemia

Com a pandemia de corona vírus, essas discussões tornam-se ainda mais importantes porque, além do grande risco de letalidade pelo vírus, os idosos sofrem com o isolamento, são vítimas de violência com mais frequência e, em muitas situações, passaram a ser os únicos a terem renda para o sustento da família. Veja alguns números a respeito:

  • 87.907 casos de violência contra idosos em 2020, de acordo com o Disque 100. Um aumento de 81% em comparação com o ano de 2019 que teve o registro de 48.446 casos;
  • 33,6 mil casos de violência foram registrados pelo Disque 100 só no primeiro semestre de 2021;
  • Em 20,6% dos lares brasileiros, a renda dos idosos responde por mais de 50% dos rendimentos da família, de acordo com o estudo da pesquisadora e economista do Ipea Ana Amélia Camarano;

Casos de violência contra idosos no Maranhão

No último mês, dois casos de extrema violência contra idosos ganharam visibilidade nos veículos de informação

Violência contra idosa em Rosário. Localização do município no mapa do Maranhão.

Negligência e violência financeira em Rosário: uma idosa de 104 anos foi encontrada no dia 1º de junho e um ambiente com péssimas condições de higiene, desidratada e sem se alimentar. Ela foi resgatada após denúncia anônima e a suspeita é que o filhoda vítima esteja de posse do cartão da vítima e tenha a deixado lá. Leia a história completa clicando aqui.

Violência contra idosa em São Vicente de Férrer. Localização do município no mapa do Maranhão.

Violência física em São Vicente de Férrer: um idoso de 73 anos foi assassinado por golpe de facão pelo próprio enteado. A vítima estava na companhia de um homem que era desafeto do acusado. No momento em que o enteado foi golpear o homem com quem se desentendia, acertou o próprio padrasto. Leia a história completa clicando aqui.

Ações da Defensoria Pública do Estado do Maranhão (DPE)

Durante todo o mês de junho, a DPE, por meio do CIAPVI (Centro Integrado de Prevenção à Violência contra a Pessoa Idosa) está realizando ação com o tema “Idoso empoderado diz NÃO à violência”.

Estão sendo realizadas atividades diversas para conscientizar a população sobre os direitos e cuidados em relação aos idosos. Veja tudo o que está previsto para esse mês

  • nomeação de novo defensor para o núcleo de defesa do idoso;
  • estruturação do trabalho dos defensores, com a inclusão de estagiários de pós-graduação na assistência jurídica;
  • novo espaço de atendimento para o núcleo especializado e para o CIAPVI, no bairro do Renascença, em São Luís;
  • a obtenção de um veículo para transportar idosos, recurso conseguido por meio de emenda parlamentar de autoria da deputada estadual Mical Damasceno;
  • curso voltado para capacitar e qualificar cuidadores de idosos
  • hoje vai ser realizada a roda de conversa “Idoso empoderado diz NÃO à violência”, às 14h, no canal da DPE/MA no Youtube.
Cartaz da roda de conversa "Idoso empoderado diz não à violência".
Cartaz do evento de hoje. Imagem: Reprodução/DPE.

O Centro Integrado de Prevenção à Violência contra a Pessoa Idosa do DPE realiza atendimento ao longo de todo o ano, não só recebendo denúncias, mas também com assistência a esse público. O atendimento inclui: Serviço Social, Psicologia, encaminhamentos, mediações de conflitos, visita domiciliar, orientações e atividades de prevenção. Veja os números de atendimentos em 2020 e 2021:

Atendimentos ao idoso no DPE
Arte: Sâmia Martins com informações da DPE.

A DPE também disponibiliza vários canais de atendimento para denúncias e informações.

Canais de atendimento. DPE Maranhão
Canais de atendimento. DPE Maranhão

Ação no Tribunal de Justiça

Cartaz da palestra
Imagem: Reprodução/TJMA.

Hoje, o Comitê de Diversidade do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) vai realizar uma palestra online com transmissão pelo canal EAD Esmam às 16h, sob a mediação da juiza titular da Vara do Idoso de São Luís, Lorena Brandão.

Foram realizadas inscrições até ontem para quem queria receber certificado, mas interessados em assistir mesmo sem o documento, podem acompanhar clicando aqui.

Leia outras matérias na editoria Cidades.

Doações para o MaInd pelo pix giovanakury@gmail.com

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.